moto.com.br

Publicidade:

BMW - História

BMW

Em 1913, Karl Friedrich Rapp funda a  Bayerische Flugzeugwerke, fabricante de motores para aviões. A localização no bairro de Milbertshofen, em Munique, foi escolhida pela proximidade às instalações do fabricante de aviões Gustav Otto Flugmaschinenfabrik.

Em 1916, a empresa obteve um contrato para produzir motores V12 para a Áustria e Hungria. Necessitando de financiamento adicional, Rapp conseguiu o apoio de Camillo Castiglioni e Max Friz e a empresa foi reconstituída com o nome de Bayerische Motoren Werke GmbH.

A expansão causou dificuldades, levando Rapp a abandonar a empresa que passaria para o controle do industrial austríaco Franz Josef Popp em 1917, adotando o nome de Bayerische Motoren Werke AG.

1916 - Rapp Motorenwerke e Flugmaschinenfabrik Gustav Otto, cujos proprietários eram pioneiros na aviação, unem-se e fundam a Bayerische Motoren Werke GmbH, transformada em 1917, já no controle de Franz Josef Popp.

1917 - A partir deste ano todos os produtos da BMW já traziam o seu conhecido logo: a hélice em rotação contra o céu azul do Estado da Bavária, Alemanha.

1919 - A BMW, com apenas três anos de existência e o pioneiro de vôo, Franz Zeno Diemer, alcançam a altitude de 9.760 m durante 89 minutos de vôo. Um detalhe: o aviador voou sem equipamentos para enfrentar a altitude, foi apenas “no peito”.

1923 – Com o término da I Guerra Mundial e a proibição, pelos americanos, da construção na Alemanha de motores para aviões durante cinco anos — Tratado de Versailles (1919) —, a jovem empresa que produzia exclusivamente motores para aviões estava com problemas.

A rápida recuperação deve-se ao chefe de construção da empresa, Max Friz que, em cinco semanas desenvolveu a primeira moto BMW: a R32. Ela foi a sensação no Salão do Automóvel em Berlin naquele ano.

Esta moto já estava equipada com o motor boxer e sistema cardan, modernos até os dias atuais.

Em 1928, a BMW compra a Fábrica de Automóveis Eisenach e a licença para a produção do “Dixi”, uma cópia licenciada do “Austin Seven”, modelo inglês. A partir de 1929 o veículo, já com carroceria modificada, passa a se chamar BMW 3/15 PS e, de antemão, arrebata o seu primeiro prêmio: a “Internationale Alpenfahrt”. Cinco dias pelos caminhos mais elevados nos Alpes.

Recorde sobre duas rodas

Com a velocidade de 216 km/h, a BMW R 37 pilotada por Ernst Henne, bate recorde em 19 de setembro de 1929 numa rua ao norte de Munique. Com este recorde, ele está 9 km/h mais rápido do que o último recorde conquistado.

Já em 1939, Georg Meier vence a prova inglesa “Senior Tourist Trophy”, tornando-se o primeiro corredor estrangeiro e a primeira moto estrangeira a vencerem o campeonato.

Poucos dias antes do Natal de 1948, três anos após o término da II Guerra Mundial e com a ajuda dos concessionários que dispuseram de peças de reposição, a BMW lança a R 24.

Com um motor de um cilindro, quatro marchas e 12PS, são montadas 10.000 unidades. De sua sucessora, a R 25, são produzidas 17.000 unidades. Os dois modelos, apensar de um mercado de pós-guerra muito sofrido, encontraram uma demanda extraordinária, na opinião da montadora.

Em 1954, com o lançamento da RS 54, começa para a BMW uma história de sucesso singular no moto esporte. Esta moto alcança facilmente os 200km/h. Durante os 20 anos que se sucederam, a BMW conquistou títulos com velocidades registradas de até 220km/h.

1955 - A BMW atende ao pedido de clientes por um “teto”  para os motociclistas. Nos anos 50, o “patinete acabinado”, assim carinhosamente apelidado, vira moda, contudo, por um curto período. A Isetta faz a ponte entre as duas rodas e um automóvel.

No ano de 1976 nasce a BMW Motorrad GmbH, a divisão da BMW de motos. Sob nova direção, a BMW Motorrad retorna após longos anos de abstinência ao esporte sobre duas rodas.

Em 1981 a BMW R 80 G/S parte para os 12.000 km do Rally Dakar. O francês Hubert Auriol vence logo de cara o mais difícil dos Rallys por duas vezes (1981 e 83). O belga Gaston Rahier, por outras duas (1984 e 85).

Nos dias atuais, a montadora alemã comercializa motocicletas em quatro categorias: Sport, Enduro, Tourer e Roadster. No Brasil, o “carro-chefe” é a R 1200 GS, responsável por 58% das vendas de motos BMW no país.

Confira o site oficial da BMW

Clique aqui para ver anúncios da BMW no MOTO.com.br